Governo federal lança prova de vida digital para servidores aposentados, pensionistas e anistiados da União

 Governo federal lança prova de vida digital para servidores aposentados, pensionistas e anistiados da União

O governo federal começou, nesta terça-feira (24) a simplificar a prova de vida dos aposentados, pensionistas e anistiados da União. O processo digital poderá ser realizado pelos aplicativos Sigepe mobile e Meu gov.br.

Com isso, não será mais necessário o deslocamento do beneficiário até o órgão de origem ou a uma agência bancária. A princípio, a funcionalidade será implantada como piloto para 10 mil pessoas atendidas pelo Departamento de Centralização de Serviços de Inativos, Pensionistas e Órgãos Extintos do Ministério da Economia (Decipex/ME). No futuro, a funcionalidade será estendida a 700 mil pessoas.

“A novidade vai proporcionar economia de tempo e até de dinheiro não só para o governo, mas também para os aposentados e pensionistas, uma vez que não será necessário deslocamento para a comprovação anual”, comentou o secretário de Gestão e Desempenho de Pessoal do Ministério da Economia, Wagner Lenhart, que disse ainda que entre 2016 a 2019, foram restabelecidos mais de 120 mil pagamentos pelo atendimento presencial nas unidades de Gestão de Pessoas e que intenção é reduzir essa quantidade.

Durante o piloto, os beneficiários poderão acompanhar a sua situação pelo aplicativo Sigepe Mobile. Por meio da ferramenta, será possível obter o comprovante da realização da prova de vida, independente do canal que tenha sido utilizado, podendo também receber notificações para lembrar o momento em que deverá realizar esta ação.

Para facilitar o processo, a Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal elaborou um passo a passo para orientar os participantes do piloto.

Como funciona atualmente

A prova de vida dos servidores públicos federais aposentados, dos pensionistas e dos anistiados políticos, que recebem pelo Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos (Siape), deve ser feita anualmente, no mês do aniversário.

Em junho deste ano foi permitido aos beneficiários realizar essa comprovação em qualquer agência da instituição bancária onde é pago o provento ou benefício. Isso vale para todos os beneficiários. É necessário o comparecimento pessoal portando documento oficial de identificação com foto e CPF.

O governo federal também autorizou o uso de novas tecnologias, como a comprovação de vida por meio de biometria em aplicativos mobile e em terminais de autoatendimento bancário.

Fonte: Extra 

Alex Ramalho